1.   
    Home
  2.  > 
    Pílulas Hyundai
  3.  > 
    Aprenda como limpar banco de carro seguindo estes 6 passos

Pílulas Hyundai 28/08/2020

Aprenda como limpar banco de carro seguindo estes 6 passos

A higienização dos componentes internos é parte importante da manutenção de um veículo. Ela ajuda a eliminar os maus odores, o acúmulo de sujeira e a presença de micro-organismos nocivos, fazendo com que o ambiente esteja sempre seguro e agradável para as pessoas. Na hora de realizar tal procedimento, no entanto, muitas pessoas questionam como limpar banco de carro da forma correta. É importante saber que existem produtos e técnicas específicas para isso. Inclusive, algumas etapas podem sofrer variações conforme o tipo de material que reveste os assentos. Quer descobrir como deixar tudo limpo e ter bons resultados? Acompanhe as informações que preparamos para orientá-lo!

Cuidados com bancos de tecido

São os modelos mais comuns e mancham com facilidade, principalmente quando têm revestimentos bastante permeáveis. Por isso, uma prática benéfica é evitar o derramamento de líquidos e, quando isso ocorrer, secar e limpar rapidamente a região atingida. A higienização do carro com bancos de tecido deve ser feita com flanelas e escovas macias. Esses instrumentos não agridem o acabamento, impedindo a formação de bolinhas e pequenos rasgos. Como a umidade penetra com facilidade nos estofados, recomenda-se fazer a limpeza em dias secos e ensolarados.

Cuidados com bancos de couro

São mais fáceis de limpar por conta da textura lisa, mas também exigem atenção redobrada. Jamais use ceras, silicones e instrumentos que possam arranhar o material, como palhas de aço e escovas com cerdas duras. A exposição ao sol também deve ser evitada ao máximo para não estimular o ressecamento. O principal cuidado necessário com esse tipo de banco é a hidratação. Embora os couros sintéticos sejam menos porosos que os naturais, é importante protegê-los com produtos de qualidade para prevenir o surgimento de rachaduras, manchas opacas e áreas descascadas. Outro ponto que merece atenção tem a ver com as fórmulas dos produtos aplicados sobre os bancos de couro ou vinil. Soluções que tendem a deixar essas superfícies lisas ou com aspecto oleoso devem ser evitadas, já que podem prejudicar a estabilidade dos usuários no assento e no encosto.

Como limpar banco de carro

Pensando em facilitar a rotina dos proprietários de veículos, vamos listar os passos essenciais para a higienização dos dois tipos de bancos: tecido e couro. As etapas são bem parecidas, o que muda é a maneira como você conduz e os recursos empregados em cada processo.

1. Remova partículas e poeiraO primeiro passo é retirar a camada superficial de sujeira, o acúmulo de detritos que surge com o passar do tempo. Esse processo serve para eliminar desde partículas finas, como poeira, até sobras de alimentos e outros resíduos orgânicos que possam atrair fungos e bactérias. Quanto mais pessoas utilizam o veículo, mais frequente deve ser a limpeza. Assim, um casal com filhosprecisa ter atenção redobrada para verificar todos os cantinhos dos bancos dianteiros e traseiros. Tanto os modelos de tecido quanto os de couro podem ser aspirados para a remoção de pó e areia. Nesse processo, passe o bocal do aparelho por todas as superfícies e dobras.

2. Prepare os produtos adequadosQuando as superfícies estiverem livres de partículas soltas, é hora de preparar a mistura líquida. Para bancos de tecido, faça uma solução de água com um pouco de sabão neutro, recomendado para carpetes e estofados. Utilizando um borrifador, aplique em pequenas áreas, não exagerando na quantidade para evitar que a mistura penetre e encharque o estofado. Para bancos de couro a mistura é sempre composta por água com detergente neutro ou soluções de baixo teor alcoólico, já que outros produtos podem desbotar ou danificar o material. A aplicação deve ser feita com um pano levemente umedecido (nunca molhado/encharcado) para evitar que a mistura escorra. Considerando que os cintos são usados junto com os bancos, é importante estender o processo de limpeza a esses elementos. Para isso, utilize apenas água morna e sabão neutro. Outros produtos devem ser evitados porque podem danificar ou enfraquecer o material.

3. Faça leve pressão sobre os materiaisOs bancos de tecido podem ser esfregados com escovas macias. Você deve iniciar o processo assim que passar a mistura de água e sabão, fazendo movimentos circulares rápidos contra o material. Aumente a intensidade em locais que apresentam maior acúmulo de sujeira. Os bancos de couro são mais delicados, portanto, prefira um material seco e macio para remover manchas. Pode ser uma esponja de cozinha, desde que você use o lado amarelo. Faça isso por todas as superfícies com movimentos suaves, aplicando mais pressão nas partes com costuras.

4. Tire o excesso de umidadeChegou o momento do enxágue. Bancos de tecido demandam atenção nessa hora, já que costumam absorver líquidos e permanecer úmidos por mais tempo. Uma opção é pressionar toalhas secas contra o estofado, de modo que retenham toda a mistura restante. Nos bancos de couro, como a limpeza é feita com instrumentos secos, basta finalizar o processo com um protetor que previna o desgaste do revestimento e ajude a manter a cor. Há hidratantes específicos no mercado, que podem ser encontrados em lojas de produtos para carros.

5. Aguarde a secagemA ventilação é essencial para garantir que os bancos sequem por completo. Então, sempre que terminar a limpeza, procure deixar as portas do veículo abertas para que o ar circule e a umidade evapore. Isso evitará a proliferação de micro-organismos e o mau cheiro. A água retida nos bancos de tecido demora um pouco mais para evaporar. Por conta disso, procure sempre realizar a limpeza em dias ensolarados e com baixa umidade.

6. Aplique odorizadoresUm perfume suave ajuda a prolongar a sensação de carro limpo. Felizmente, existem várias fórmulas no mercado, com fragrâncias diversas para você escolher. Os odorizadores podem ser fixados no vidro ou painel e mantêm o ambiente interno agradável por mais tempo. Apenas tome cuidado para que esses produtos não entrem em contato direto com os bancos do veículo. Isso evitará danos e a descoloração dos materiais. Caso derrame algum líquido sobre as superfícies, limpe-as imediatamente. Quem não curte aromas pode apostar apenas em recursos que absorvam os maus odores. Saquinhos de tecido preenchidos com carvão vegetal ou pó de café, por exemplo, disfarçam cheiro de cigarro, pets e até de comida. Como são pequenos, você pode deixá-los escondidos sob os tapetes e trocá-los periodicamente.

Cuidados gerais

Para que os processos de limpeza e odorização surtam bons efeitos, é importante manter o veículo livre da umidade. Assim, tenha cuidado redobrado em dias chuvosos. Evite entrar no veículo com as roupas ou calçados encharcados para não deixar bancos e tapetes molhados. Nessas ocasiões, procure rodar com o ar-condicionado ligado antes de guardar o carro, pois isso ajuda a retirar a umidade excessiva. Também certifique-se de manter os cintos atados às fivelas quando sair. Desse modo, eles permanecem esticados e devidamente secos. Esperamos que essas dicas facilitem a rotina de limpeza dos bancos, tornando-a menos complicada. Lembre-se de que cada cuidado vale a pena para manter o veículo em boas condições e garantir que os passeios da família sejam transformados em momentos especiais com seu carro . Saber como limpar banco de carro também é essencial para prolongar a vida útil dos estofados e acabamentos, independentemente da composição desses materiais. Então, faça um esforço extra sempre que perceber a necessidade de uma higienização completa.

Veja também dicas de como se proteger do coronavírus no carro.

Sigam as nossas redes:

Veja também