N

História de N

Do nome e logo à origem e personalidade, descubra a história por trás da marca de alta performance da Hyundai.

O que significa N?

N é o nome oficial da marca de alta performance da Hyundai e esta letra representa dois elementos importantes. Em primeiro lugar, o distrito de Namyang, na Coreia do Sul, berço da marca N e sede do Centro Global de Pesquisa e Desenvolvimento da Hyundai. Em segundo lugar, o autódromo de Nürburgring, na Alemanha, que abriga o Centro Técnico da Hyundai, utilizado para testar os veículos N. Por fim, o logo ‘N’ é também uma representação de uma chicane clássica, ou uma sequência de curvas acentuadas em um circuito.

De 2012 até os dias de hoje

A marca N surgiu em 2012. Tudo começou quando o Centro Global de Pesquisa e Desenvolvimento da Hyundai, em Namyang, reuniu uma equipe inteiramente nova de pesquisadores para desenvolver carros de alta performance.

Mais tarde naquele mesmo ano, no Paris Motor Show, a Hyundai apresentou o carro-conceito i20 WRC e anunciou sua participação como fabricante no Campeonato Mundial de Rali (WRC). Em dezembro, então, a Hyundai estabeleceu sua filial Hyundai Motorsport (HMSG) na Europa, e na primavera seguinte revelou o carro de corrida i20 WRC no Salão do Automóvel de Genebra.

Em dezembro de 2013, o logotipo N foi inaugurado no veículo que participaria do Campeonato Mundial de Rali de 2014 – o i20 WRC. No ano seguinte, a equipe Hyundai Motorsport fez uma estreia competitiva no Rali de Monte Carlo e conquistou sua primeira vitória no Rali da Alemanha.

Neste mesmo período, foi apresentada ao mundo a série de carros-conceito RM, que começou com o RM14 na Busan Motor Show 2014, seguido por RM15, RM16 e RM19. Contudo, a série RM não era apenas para exibição. Estes veículos servem de laboratório para testes dos últimos desenvolvimentos da Hyundai.

A série RM apresenta o RM16 (direita), o RM15 (centro) e o RM14 (esquerda)

A talentosa equipe
por trás dos veículos N

A última peça do quebra-cabeça foi recrutar uma equipe de peso designada para promover a marca N. Em dezembro de 2012, Albert Biermann, que esteve à frente do desenvolvimento de carros de alta performance da BMW, foi contratado como Vice-Presidente Executivo e Responsável pelo departamento de Testes e Desenvolvimento. Em novembro de 2015, Klaus Köster, um ex-membro da Mercedes AMG, juntou-se à equipe como Diretor da divisão de Desenvolvimento de Veículos de Alta Performance no Centro Técnico Europeu da Hyundai Motor. Então, em março de 2018, Thomas Schemera se juntou ao time. Assim como Biermann, Schemera também começou sua carreira como engenheiro na BMW, adquirindo experiência em compras, vendas, planejamento de produtos e marketing.

O futuro é a parte mais empolgante da marca N.

ALBERT BIERMANN, PRESIDENTE – DIVISÃO DE P&D

Uma pista de teste dedicada

Em 2015, a Hyundai inaugurou uma pista de testes exclusiva para os veículos N no Centro Global de Pesquisa e Desenvolvimento de Namyang. Dividida em três partes: a de alta velocidade (2,1 km), a polivalente (1,4 km) e a de baixo atrito (1,1 km), esta pista conta com chicanes tortuosas e curvas acentuadas, lembrando aquelas do famoso autódromo de Nürburgring.

As pesquisas para o i30 N e para o Veloster N ocorreram no em Namyang e depois ambos foram para o circuito de Nürburgring para testes práticos.

O circuito de Nürburgring, na Alemanha, é uma das pistas de corrida mais desafiadoras do mundo, com 73 curvas espalhadas por 20,8 km de asfalto e repetidos trechos com subidas e descidas íngremes e repentinas. Sua elevação varia entre 320 e 617 metros, com uma diferença máxima de 300 metros. Trata-se, possivelmente, do ambiente rodoviário mais hostil da Terra.

O berço dos veículos N

Não é nenhuma surpresa, portanto, que o automobilismo seja considerado o ponto alto da marca N — também chamado de "o berço da N". Os modelos N são veículos que utilizam não apenas a tecnologia, mas também a experiência que foi adquirida no mundo do automobilismo, a exemplo do Campeonato Mundial de Rali e do TCR.

Na temporada 2019 do Campeonato Mundial de Rali, a Hyundai Motorsport ganhou o troféu de fabricante com um total de 380 pontos, quatro vitórias e 13 pódios. Já no WTCR (Copa do Mundo de Carros de Turismo), o i30 N TCR assumiu a liderança ganhando o troféu de pilotos e ficou em segundo lugar na competição dos fabricantes. Na série TC America, a Hyundai Motorsport também garantiu um lugar no pódio para o troféu de piloto.

i30 N, Veloster N, e além

No centro do portfólio da marca estão os modelos i30 N e i30 N Fastback, que foram lançados na Europa, e o Veloster N, que está disponível na Coreia e na América do Norte. Além disso, o i20, o Elantra e o Kona também possuem seus modelos N.

N Line

Inspirado na história e sucesso do N nasceu o N Line. Uma série com personalidade esportiva, design único e personalidade esportiva, exclusivos para deixar o dia a dia muito mais emocionante.

Com um equilíbrio perfeito entre tecnologia de ponta, segurança e o máximo conforto, os veículos N Line são especialmente desenvolvidos para acompanhar o ritmo nas ruas da cidade. O visual imponente e os equipamentos especiais desta linha a fazem se destacar facilmente de seus modelos regulares.

É tudo isso que faz do N Line um sucesso no mundo inteiro com modelos como i10, i20, i30, Elantra, Sonata, Kona e Tucson. Perfeito para quem está sempre em busca de conquistar mais e mais.

DNA N

Os modelos N foram feitos para serem divertidos de se dirigir. Isso é sustentado pelos três pilares do DNA N. O primeiro pilar é chamado de Corner Rascal (Aficionado por Curvas), o que significa que qualquer entusiasta da direção pode desfrutar do sabor de fazer curvas com ferocidade e segurança. Para isso, o Veloster N vem equipado com o N Corner Carving Differential (diferencial de deslizamento limitado), direção elétrica R-MDPS e assentos anatômicos esportivos exclusivos.

O segundo pilar é o Everyday Sports Car (Carro Esportivo do Dia a Dia). Os modelos N não são feitos apenas para os fãs de carros de alta performance, mas também para os motoristas do dia a dia. Ao invés de um foco na potência, a resposta aos diferentes ambientes de condução é mais importante.

O terceiro e último pilar é a Race Track Capability (Capacidade para as Pistas). No caso dos modelos N, não basta apenas ter uma performance adequada para a pista; eles também são construídos prontos para uso — não há necessidade de reforçar o carro ou realizar maiores modificações. São essas as qualidades que tornam os N ainda mais atraentes para os pilotos de pista.