1.   
    Home
  2.  > 
    Pílulas Hyundai
  3.  > 
    10 dicas sobre direção defensiva que você deve aprender

Descubra 13/02/2021

10 dicas sobre direção defensiva que você deve aprender

Para evitar acidentes e multas de trânsito, não há nada mais eficiente do que a direção defensiva. É fundamental ter boas práticas ao conduzir um automóvel, pois assim é possível garantir um trânsito muito mais seguro para pedestres, motoristas e passageiros. A direção defensiva é, sem dúvidas, um conceito de muita importância aprendido ainda na autoescola. No entanto, com a rotina do trânsito, muitos acabam não aplicando seus conceitos básicos. Foi pensando nisso que decidimos escrever este texto com algumas dicas essenciais. Continue acompanhando para garantir mais segurança no trânsito para você e todos ao seu redor!

O conceito de direção defensiva

O melhor modo de definir o conceito de direção defensiva é usando o Manual de Direção Defensiva do Denatran — Departamento Nacional de Trânsito. De acordo com esse documento, a direção defensiva diz respeito a uma maneira de conduzir o veículo, de forma que o motorista reconheça antecipadamente todas as situações de perigo. Além disso, permite que ele consiga prever o que pode acontecer com ele, com seus passageiros, com o automóvel e também com as demais pessoas que estão na via. Dirigir de forma mais cautelosa faz com que seja possível evitar acidentes e mortes no trânsito. Afinal de contas, grande parte dos desastres que ocorrem nas estradas é causada por falha humana.

Os benefícios da direção defensiva

Segurança para condutores e pedestresOs condutores de veículos que praticam a direção defensiva garantem benefícios para eles mesmos e, claro, colaboram para um trânsito mais seguro para todas as pessoas. Basta a imprudência de um motorista nas ruas para vitimar diversos cidadãos, sobretudo pedestres, ciclistas e motociclistas que são mais frágeis no trânsito. É importante sempre ter em mente que a responsabilidade com a segurança de todos nas ruas é compartilhada com cada pessoa que dirige um automóvel.

Menos multas de trânsitoOs órgãos de trânsito aplicam multas, que são simplesmente um reflexo da necessidade de conduzir um veículo de forma defensiva. As infrações, portanto, têm a função de educar coercitivamente. Para os motoristas seguros e responsáveis, não é difícil evitá-las. Quem está sempre se preocupando e dirigindo de maneira prudente, certamente está cumprindo o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), não correndo o risco de ser autuado pela fiscalizaçã

Prevenção de custos com manutençãoDirigir com segurança significa mais economia para o bolso. Isso mesmo! Afinal, você estará exigindo bem menos do carro, aumentando assim a vida útil das peças. Ou seja, você consegue baratear os gastos com manutenções corretivas e preventivas. O motor, os freios e os pneus são os componentes que mais se beneficiam quando o condutor dirige com total cuidado. Então, além de evitar gastos ocasionados por acidentes no trânsito, o veículo ainda vai ficar em melhores condições de uso, exigindo menos reparos e trocas de peças.

Economia de combustívelEconomia para o bolso nunca é demais, concorda? Especialmente quando estamos em épocas de crise financeira, com o valor do combustível aumentando de forma constante. Então aqui vai uma ótima notícia para você: quando você dirige de maneira defensiva, você também ajuda a reduzir as idas até o posto de combustível. Sabe por quê? Evitar mudanças bruscas e manter a velocidade constante são dois princípios importantes da direção defensiva. Isso, é claro, gera muita economia, afinal, quando você freia ou acelera bruscamente, a queima de combustível pelo motor é muito maior. Viu só como os benefícios da direção defensiva são muitos? Agora vamos conhecer algumas dicas essenciais para garanti-la todos os dias no trânsito!

10 dicas de direção defensiva

1. Faça a manutenção regular do veículoQuando você faz a manutenção regular do carro, acaba reduzindo o risco de acidentes. Você evita fundir o motor por deixar de trocar o óleo, por exemplo, além de muitos outros problemas que podem parecer simples, mas que acabam dando muita dor de cabeça. É fácil saber quando você deve realizar a manutenção preventiva no veículo. Você pode ler o manual e verificar o que é solicitado para cada item. E, caso prefira, pode levar seu veículo regularmente ao mecânico.

2. Tenha cuidado em ultrapassagensÉ imprescindível que se tenha total prudência ao fazer uma ultrapassagem. Esse é um dos pontos mais básicos da direção segura, uma vez que os acidentes graves tendem a acontecer por colisões frontais causadas por ultrapassagens erradas. Então, quando for ultrapassar um automóvel, utilize a seta para sinalizar sua conversão. Além disso, observe pelo retrovisor se não há outro veículo fazendo o mesmo com o seu carro, se possível dê um breve toque na buzina e, só então, comece a acelerar com uma marcha mais forte. Lembre-se: quando tiver dúvidas, jamais ultrapasse!

3. Mantenha a distância de segurançaA colisão traseira é um dos tipos de acidentes mais comuns. Geralmente, ela é causada por práticas de direção que não levam em conta o fator da distância entre os automóveis. Pode parecer uma dica muito óbvia, mas saiba que muitos condutores acreditam que são capazes de agir a tempo de evitar um grande acidente. Então, o ideal é sempre ficar atento a distância que você tem que manter do veículo que está na frente. Jamais se esqueça de que, em caso de situações emergenciais, você vai precisar de espaço suficiente para parar seu veículo e, assim, evitar uma colisão.

4. Utilize os faróis corretamenteÉ preciso usar os faróis do carro de forma correta, pois são itens fundamentais na segurança. É necessário, por exemplo, ligar a luz baixa à noite e durante o dia, para contribuir com a visualização dos veículos pelos outros motoristas. Além disso, o ideal é sempre desligar a luz alta e usar a luz baixa quando for cruzar com outro carro ou se houver outro veículo à sua frente. Quanto aos faróis de neblina, lembre-se que eles não servem somente para deixar o visual do automóvel mais elegante, sendo peças fundamentais em situações em que a visibilidade está prejudicada. Os faróis iluminam o veículo nas laterais e por baixo, permitindo que a sinalização seja vista de maneira bem melhor.

5. Use sempre o cinto de segurançaEssa é uma dica básica, sendo muito mais que obrigatória para motoristas e passageiros. Não é à toa que o uso desse item está previsto em lei, desde 1997, para todas as vias do Brasil. O cinto de segurança é capaz de minimizar os acidentes, salvando muitas vidas.

6. Tenha cuidado ao dirigir na chuvaDirigir na chuva é uma dificuldade até mesmo para condutores experientes e profissionais, sobretudo quando a chuva é forte. Isso porque a visibilidade acaba ficando bastante comprometida e, claro, a aderência dos pneus ao solo é bem menor. O que fazer em uma situação como essa? A melhor atitude é reduzir a velocidade do veículo, ligar o ar quente direcionando-o para o para-brisa ou o ar-condicionado a fim de evitar que o vidro fique embaçado. E, claro, é preciso redobrar a atenção. Lembrando que os pneus são grandes aliados em dias de chuva. Por isso, é importante mantê-los sempre em excelente estado de uso. Sabe aquelas ranhuras nos pneus, que são conhecidas como “sulcos”? Pois então, elas são extremamente necessárias para conseguir drenar a água que passa entre o pneu e o asfalto. Isso evita a aquaplanagem do automóvel. Verifique sempre o estado desses itens para garantir total segurança.

7. Fique de olho no comportamento do veículoCertamente você já percebeu que o desempenho do veículo nas curvas, em aceleração e durante a frenagem acaba variando de um modelo para outro, certo? É preciso entender que alguns têm um comportamento mais leve, enquanto outros apresentam um movimento mais firme e esportivo. Portanto, tenha muita atenção ao comportamento do seu carro. Conduzir rapidamente um veículo esportivo em vias que tenham pavimento precário, por exemplo, não é interessante. Do mesmo modo, forçar muito um carro leve na curva também não. Procure sempre respeitar os limites do seu automóvel.

8. Confira o retrovisor com frequênciaQuando o motorista sabe o que está havendo a sua volta, ele se torna capaz de prever as situações perigosas e encontrar boas saídas para evitar acidentes. É por isso que é importante estar sempre de olho no retrovisor.

9. Conheça bem as leis de trânsito É fundamental que o condutor use a sinalização sempre que for fazer uma conversão, estacionar ou mudar de pista de rodagem. Ao mudar de faixa, é preciso verificar se ela está livre, além disso, é necessário usar a seta para indicar manobras.

10. Dirija na posição corretaAs pernas e os braços precisam estar dobrados quando você estiver dirigindo. O encosto de cabeça deve ficar na altura dos seus olhos e seu corpo precisa permanecer junto ao encosto e ao assento, em um ângulo próximo a 90 graus. Ao adotar essa posição quando estiver no volante, você vai se sentir mais disposto e menos cansado para encarar situações de perigo que podem surgir no trânsito. Como você pôde ver, a direção defensiva é essencial para evitar multas e acidentes, que podem envolver você, sua família e terceiros. Então, quando estiver conduzindo seu veículo, procure ter o máximo de atenção e sempre tomar cuidado com o seu automóvel e com os que estão ao lado, jamais se esquecendo de ciclistas e pedestres. O que achou do texto? As dicas foram úteis para você? Aproveite e compartilhe-o em suas redes sociais para ajudar seus amigos a garantirem um trânsito mais seguro!

Sigam as nossas redes:

Veja também