1.   
    Home
  2.  > 
    Inovação e Tecnologia
  3.  > 
    Alarme volumétrico: como funciona? Saiba por que ter um no seu carro!

Estilo de Vida 03/12/2020

Alarme volumétrico: como funciona? Saiba por que ter um no seu carro

Alarme volumétrico

Com o grande número de furtos e roubos de veículos no Brasil, a segurança se tornou uma das grandes preocupações dos donos de automóveis. Um dos itens sempre buscados na hora da compra é o alarme. O acessório está disponível no mercado em várias versões.


Neste post, nós vamos falar especificamente sobre o alarme volumétrico, que utiliza um sensor ultrassônico para detectar movimentações. Bateu a curiosidade e quer saber como ele funciona? Continue lendo!

O que é o alarme volumétrico?

Por ter sensores ultrassônicos, o alarme volumétrico libera ondas sonoras que avaliam a movimentação dentro do carro. Ele dispara sempre que detecta uma mudança nesse ambiente, como uma janela quebrada, por exemplo.


Essa é a principal diferença entre ele e o alarme perimétrico, modelo mais comum, que monitora apenas a abertura indevida das portas. 

Como ele funciona?

São dois sensores ultrassônicos que fazem o alarme volumétrico funcionar — um alto-falante e um microfone, basicamente. Quando o carro está fechado, o sensor que funciona como microfone capta um padrão e, quando identifica alguma mudança nele, o alarme sonoro é disparado.


De modo geral, esse tipo de alarme funciona seguindo dois parâmetros: o da imunidade e o da sensibilidade. O padrão da imunidade é preparado para ignorar alguns impactos que não apresentam riscos ao veículo, como leves batidas na lataria ou nos pneus, barulho da chuva e balanços.


Já o padrão da sensibilidade é aquele que identifica as reais ameaças, como vidros quebrados ou intrusão no automóvel. De modo geral, os sensores identificam muito bem situações de perigo e não costumam disparar o alarme em situações que não são de fato ameaçadoras.

Quais são os benefícios do alarme volumétrico?

Alarme volumétrico

O alarme volumétrico é a melhor opção para quem deseja manter o carro seguro. Veja, a seguir, alguns benefícios de investir nesse acessório!

Maior segurança

O principal objetivo de um alarme é proporcionar mais segurança, evitando tanto o furto do próprio veículo quanto dos objetos que estão no seu interior. Muitas vezes, a luz indicativa de que um carro tem alarme já inibe a ação dos criminosos, que conseguem identificar o acessório e, por isso, desistem da invasão.

Mais precisão

Por ter sensores ultrassônicos, o alarme volumétrico é mais preciso do que os modelos perimétricos. Como explicamos, ele tem capacidade de detectar uma maior quantidade de ameaças, como é o caso dos vidros quebrados, que passam despercebidos pelo alarme perimétrico.


Além disso, sua tecnologia permite que ele diferencie os impactos que não representam perigo daqueles que de fato colocam a segurança do veículo em risco. Isso evita alarmes falsos e deixa o proprietário muito mais seguro e tranquilo.

Valorização do bem

O alarme volumétrico valoriza o carro em que está instalado. Na hora de revenda, por ser um item bastante procurado, ele pode ajudar o proprietário a fazer melhores negociações com pessoas interessadas.


O alarme volumétrico é a melhor opção para quem quer manter o seu patrimônio seguro e evitar dores de cabeça. Por conta da sua tecnologia, ele é muito mais preciso e eficiente do que os modelos tradicionais, além de valorizar o seu bem.


Se você quer saber mais sobre segurança e outros temas que envolvem os cuidados com um carro, acompanhe nossas redes sociais e visualize os conteúdos que preparamos!

Sigam as nossas redes:

Veja também