1.   
    Home
  2.  > 
    Hyundai Explica
  3.  > 
    Quais são os significados das luzes no painel do carro? Entenda

Hyundai Explica 15/12/2020

Quais são os significados das luzes no painel do carro? Entenda

insulfilm permitido por lei
Painel do  Hyundai Creta 18/19

Todos nós já passamos por isso (ou ainda vamos passar): você está dirigindo pela rodovia, apreciando a vista e, de repente, ouve um som estranho. Ao olhar para o painel, um símbolo colorido aparece e você se pergunta o que pode estar errado. É fato que algumas luzes no painel do carro são mais óbvias do que outras. Contudo, é importante saber exatamente o que elas significam caso você precise parar e pedir ajuda. Continue a leitura e saiba como agir em cada situação.

Qual o significado das luzes no painel do carro?

Os carros modernos são cheios de eletrônicos e sensores para monitorar como seu veículo está se comportando. Para evitar imprevistos e acidentes, é muito importante que todo motorista saiba o que cada alerta significa. As luzes de advertência seguem um sistema de cores de semáforo: - verde: o sistema está funcionando corretamente ou está em uso; - amarelo: algo não está funcionando corretamente — tome cuidado extra e verifique o mais rápido possível; - vermelho: há um sério problema no sistema — estacione o carro o mais rápido possível. Conheça, a seguir, os principais alertas do seu carro. Você aprenderá se é um aviso crítico que requer atenção imediata, ou se há tempo para visitar um mecânico local.

Luz de abastecimentoA maioria dos motoristas está familiarizada com este símbolo. Significa simplesmente que você está com pouca gasolina. Não podemos prever as condições do tráfego, então, nunca é uma boa ideia dirigir com o "tanque reserva” — a melhor opção é abastecer no posto mais próximo. Para evitar essas situações, é importante conhecer o consumo de combustível médio do seu carro.

Luz de injeção eletrônicaA luz de injeção do motor (ícone de motor amarelo) muitas vezes é acompanhada por outros sinais de que o motor não está funcionando corretamente, como falta de potência ou “engasgos” ao pressionar o acelerador. Essa luz pode indicar uma série de falhas, desde problemas menores, como um sensor elétrico quebrado, até um problema mecânico maior. Alguns exemplos são: problemas no bico injetor, bobina, velas e até mesmo no catalisador. A melhor saída é visitar uma concessionária para que o defeito seja rastreado com um scanner.

Quanto tempo posso dirigir com a luz de verificação do motor acesa?

Com o ícone aceso ou piscando, você deve fazer a verificação o mais rápido possível. Ignorar o alerta pode causar ainda mais danos (potencialmente irreparáveis) ​​ao seu motor.

Luz do óleoA luz de advertência do óleo acende quando a temperatura do óleo fica muito alta ou o nível/pressão do óleo está muito baixo. Se o óleo não lubrificar o motor de maneira eficaz, pode causar danos caros ou até irreparáveis ​​ao motor, por isso é importante agir rapidamente.

Ainda posso dirigir com o alerta de óleo aceso?

Quando a luz acender, você deve parar o mais rápido possível e desligar o motor. Verifique se há vazamentos de óleo embaixo do carro e, em seguida, verifique os níveis de óleo — completando se necessário. Se os níveis de óleo estiverem bons, a bomba de óleo pode estar com defeito. Nesse caso, entre em contato com seu mecânico ou sua concessionária.

Luz de portas abertasEsse alerta é importante para evitar que as portas do carro fiquem entreabertas. Caso tenha crianças no banco de trás, redobre a atenção e trave todas as portas ao dirigir.

Luz de pressão dos pneus (TPMS)Alguns carros mais novos estão equipados com sistemas de monitoramento da pressão dos pneus — permitindo que você saiba quando a pressão cai. Isso pode acontecer com o tempo ou devido a um furo.

Ainda posso dirigir com a luz de pressão dos pneus acesa?

Apenas se for uma emergência, mas você deve dirigir com cuidado extra. A pressão baixa dos pneus pode causar condições de direção inseguras, portanto, reduza a velocidade e evite frear repentinamente ou fazer manobras violentas. A maioria dos postos de gasolina ou oficinas têm um compressor de ar gratuito — use para verificar a pressão e calibrar os pneus. Lembre-se também de encher os pneus de acordo com as especificações do fabricante (consulte o manual do proprietário).

Luz de temperaturaEssa luz acenderá quando o motor estiver superaquecido. Isso pode significar que os níveis de refrigerante estão baixos, talvez devido a um vazamento no sistema. Também pode ser um sinal de um problema maior, como uma falha na junta do cabeçote.

Ainda posso dirigir com a luz de superaquecimento do motor acesa?

Se a luz de temperatura estiver vermelha, você deve parar imediatamente e desligar o carro — continuar dirigindo pode causar danos irreparáveis no motor. Ligue apenas a ignição para que os ventiladores continuem puxando ar frio. Em seguida, abra o capô e espere até que o motor esfrie antes de verificar o nível do líquido de arrefecimento. Se estiver baixo, você terá um vazamento em algum lugar. Geralmente, a recomendação das montadoras é para que o fluido aditivo seja trocado em intervalos de 30 mil quilômetros ou a cada 12 meses.

Luzes do painel relacionadas aos faróisExistem diversos alertas sobre o sistema de iluminação, os símbolos são geralmente azuis, verdes ou amarelos. Os ícones no painel indicam que as seguintes luzes estão ligadas: - farol baixo (ao virar o interruptor apenas uma vez); - lanternas frontais ligadas; - farol alto (utilizado principalmente em rodovias); - setas e pisca-alerta; - farol de milha (posicionadas abaixo dos faróis convencionais). Um símbolo de exclamação dentro da lâmpada indica que qualquer luz externa do seu carro não está funcionando.

Pisca-alertaO pisca-alerta geralmente está no centro do painel (representado por um triângulo vermelho). Ativar o botão faz com os faróis laterais pisquem — indicando uma situação de emergência. Além do pisca-alerta, também é essencial colocar o triângulo de sinalização alguns metros atrás do carro.

Luz do freio ABSO ABS é um recurso de segurança importante que faz a diferença quando você precisa fazer uma parada brusca, ou em condições de direção difíceis. Por isso, é importante diagnosticar o problema (com um técnico) o mais rápido possível. Lembre-se, toda vez que você ligar o veículo, o sistema faz uma verificação automática e pode acender por apenas alguns segundos. Se desaparecer imediatamente, seu sistema está funcionando corretamente.

Luz do ACC (Controle de Cruzeiro Adaptativo)Depois de ativar o modo de controle de cruzeiro e colocar seu veículo em uma velocidade específica, o carro manterá essa velocidade automaticamente. Uma vez ativado, o controle permite que o motorista escolha uma distância segura dos carros à sua frente.

É seguro dirigir com a luz ACC acesa?

Desligue a função se o ícone estiver aceso, ou se o veículo ajustar continuamente a velocidade enquanto você dirige. O ACC é usado junto com outros sistemas de segurança para mantê-lo fora de perigo. Os detritos e a sujeira podem impedir que os sensores do controle funcionem corretamente, portanto, mantenha o carro limpo para evitar problemas. Se mesmo assim o alerta continuar aceso, procure um técnico qualificado.

Luz da bateriaSe esta luz acender enquanto você está dirigindo, isso indica que a bateria não está fornecendo carga suficiente. Isso pode ser devido a um problema com o sistema elétrico do seu carro e pode ter várias causas, como um alternador com defeito, bateria com defeito, conexão elétrica ruim ou cabeamento danificado.

Ainda posso dirigir com a luz da bateria acesa?

Seu carro vai funcionar normalmente até que a bateria acabe, mas depois que ela estiver descarregada, seu carro ficará inutilizável. Então, procure uma assistência técnica rapidamente, antes que fique sem energia.

Luz EPS (Direção elétrica)Se você ver a luz de advertência EPS acender em seu veículo, a causa pode ser uma falha na bateria ou alternador, então você pode verificar cuidadosamente todas as conexões da bateria — e ver se há algum desgaste ou dano visível. O problema também pode ser causado se você fez uma “chupeta” recentemente ou se desconectou a bateria. Ocasionalmente, o problema pode ser corrigido simplesmente desligando e ligando novamente o veículo. Se isso funcionar, você ainda deve levar o veículo para ser analisado —, pois pode haver algum problema subjacente.

É seguro dirigir com a luz EPS acesa?

Não vai ser fácil, pois a direção será mais pesada e as curvas mais difíceis. Também será quase impossível reagir em velocidades mais altas, então acidentes serão muito mais prováveis. A luz de advertência EPS pode ser um sinal claro de que algo está errado com seu sistema de direção — e você deve ter seu carro inspecionado por um técnico qualificado o mais rápido possível.

Luz do ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade)O ESC trabalha em conjunto com o ABS para ajudar o motorista a dirigir sempre que se encontrar em condições de derrapagem. Neste caso, sensores são colocados em cada uma das rodas e sempre que o computador de bordo percebe que o carro está fora de controle, os freios são aplicados em qualquer uma das rodas. O ESC também reduz a potência do motor — evitando mais derrapagens. Enquanto o carro tenta recuperar o controle de tração, a luz permanecerá acesa. No entanto, você pode estar com problemas com o sistema ESC. Em alguns carros há um botão para ligar/desligar o controle de tração. Se você estiver dirigindo em uma rodovia, é fundamental manter a função ativada. A maneira mais fácil de diagnosticar problemas relacionados ao Controle Eletrônico de Estabilidade é com um scanner OBD2. Algumas peças são danificadas com mais frequência quando se trata do alerta ESC: - sensores de roda defeituosos; - sensor de ângulo de direção com defeito; - problemas de fiação.

Luz do freioExistem várias variantes de luzes de aviso de freio. Para o freio de mão ou freio de estacionamento, às vezes eles têm P em um círculo vermelho, mas isso também pode ser indicado por um ponto de exclamação em um círculo, o que mostra que o freio de mão está acionado. Se esta luz vermelha permanecer acesa depois de liberar totalmente o freio de mão, ou acender enquanto estiver dirigindo, pode indicar que o nível do fluido de freio está baixo. A menos que você saiba como verificar os níveis de fluido de freio, esta será uma tarefa para profissionais.

Ainda posso dirigir com a luz de advertência de freio acesa?

Você não deve arriscar. Os freios são um dos recursos de segurança mais importantes do seu carro, por isso é importante agir imediatamente ao ver esta luz de advertência vermelha. Encoste e pare assim que for seguro — mantenha sua velocidade baixa e evite frear repentinamente.

Luz do imobilizadorUm sistema imobilizador de motor (ou imobilizador de carro) é uma peça de segurança eletrônica que é basicamente um impedimento de roubo do veículo. Seu objetivo é evitar que um veículo seja conectado e roubado por um ladrão que não tenha uma chave para ligar o motor. Se você comprou um carro que foi feito nos últimos 20 anos, provavelmente já usou essa tecnologia sem perceber. As chaves do carro que as concessionárias distribuem agora são basicamente chaveiros ou chaves inteligentes. É por isso que a base da chave contém botões para travar e destravar portas do carro, abrir o porta-malas ou, às vezes, até mesmo ligar o veículo remotamente. Como qualquer outra coisa que seja eletrônica, um sistema imobilizador pode estragar e causar alguns problemas para você. Aqui estão os cinco sinais mais comuns ao ver o alerta do imobilizador: - problemas de desbloqueio; - problemas de bloqueio; - a chave na ignição não gira; - problemas de alarme de carro. Muitos problemas de imobilizador podem ser corrigidos simplesmente substituindo a bateria no chaveiro. Muitas chaves dependem de uma pequena bateria para transmitir o código de segurança ao imobilizador do carro. Tenha cuidado ao substituir a bateria para não danificar acidentalmente o chip interno. Se você substituiu a bateria e ainda não funciona, você pode ter algum tipo de dano ao chip do transponder. Nesse caso, você terá que entrar em contato com a concessionária local e solicitar uma nova chave. Se o sistema imobilizador no veículo for o culpado, então pode ser devido aos fios estarem corroídos ou danificados. Talvez a unidade de controle do motor ou seus sensores estejam com defeito. Essas situações exigem que você vá a uma concessionária de automóveis ou oficina especializada em eletrônicos para solucionar o problema.

Luz do câmbio automáticoEla pode informar sobre falhas de transmissão, mas, em alguns veículos, também pode servir como um lembrete de manutenção (para que você saiba que é hora de trocar o fluido da transmissão, ou realizar uma manutenção regular). Verifique o manual do proprietário ou entre em contato com o revendedor para ter certeza. O primeiro passo é verificar o fluido da transmissão. Alguns veículos têm uma transmissão selada que não pode ser verificada pelo motorista, porém, outros modelos têm uma vareta (muito parecida com a usada para ver o nível do óleo). É importante descobrir o procedimento correto pelo manual do proprietário, pois alguns carros exigem que o veículo esteja funcionando e aquecido durante a verificação do fluido. Se o nível de fluido estiver baixo, complete somente com o fluido especificado pelo fabricante para evitar mais problemas de transmissão. Caso a luz de advertência ainda esteja acesa depois de adicionar o fluido e percorrer alguns quilômetros, pode haver outro problema.

Sintomas de problemas

As condições em que a luz de advertência acende podem apontar a área do problema mais rapidamente. Se a luz acender ou piscar somente antes do veículo atingir a temperatura operacional — um problema com o transmissor de temperatura pode ser o culpado. Uma luz que pisca ou acende apenas ao bater em lombadas pode indicar uma conexão de fiação solta ou um fio desencapado. Outros problemas, como não mudar da primeira marcha automaticamente e o fluido da transmissão parecer escuro ou cheirar a queimado, não requerem uma luz de advertência. Para isso, um técnico qualificado pode examinar o computador do motor principal para obter códigos de falha da transmissão.

Luz do cinto de segurançaO símbolo de cinto de segurança normalmente aparecerá no painel quando o sensor detecta que você (ou seu passageiro) está sentado sem o cinto de segurança. Em alguns casos, ele também será acompanhado por um alerta sonoro. Se o símbolo permanece ativo, apesar de todos colocarem o cinto, existe a possibilidade de que o sistema esteja com defeito. É provável que seu veículo esteja com algum problema elétrico com o circuito. Recomenda-se que você leve o veículo a um mecânico profissional que possa diagnosticar corretamente o problema e oferecer uma solução rápida e eficiente. Importante: mesmo que o sistema esteja com defeito, não dirija sem o cinto de segurança.

Luz do desembaçadorEsse é um símbolo que indica que a função de desembaçar o vidro traseiro está ativa. Na maioria dos casos, o desembaçador desliga sozinho após um determinado período de tempo. Se o carro não tem o desligamento automático, fique atento e desligue a função assim que possível — deixar ligada por muito tempo pode prejudicar o sistema. O símbolo corresponderá ao desenho encontrado no interruptor do desembaçador.

Luz EPCA luz de advertência EPC, também conhecida como luz de advertência de Controle Eletrônico de Energia, é um indicador de advertência do veículo que indica um problema com o sistema de aceleração (no pedal do acelerador, corpo do acelerador, controle de tração ou no controle de cruzeiro). O ícone de EPC é um sinal de que o veículo precisa ser reparado imediatamente. O acelerador do seu veículo também pode ser limitado em potência como um mecanismo integrado para proteger o motor. Seu carro deve ter potência suficiente para dirigir até uma concessionária ou oficina mecânica, mas não deve ser dirigido a nenhum outro lugar.

Como evitar problemas comuns no carro?

Algumas pessoas acreditam que a manutenção de seus veículos consiste em encher o tanque de combustível, trocar ocasionalmente o óleo, lavá-lo e calibrar os pneus. No entanto, existe uma lista completa de tarefas que você deve realizar para manter seu carro em boas condições.

Economize com manutenções preventivasA manutenção do veículo não apenas aumenta seu desempenho, mas também economiza dinheiro que você gastaria em reparos frequentes. Afinal, é mais barato cuidar do que consertar. O objetivo deve ser manter o número de reparos ao mínimo — o que dará ao seu carro uma vida mais longa. Portanto, certifique-se de verificar os níveis de fluido regularmente, monitore também os freios, as luzes, a condição dos pneus e a bateria. A manutenção regular também economiza de outras maneiras. Por exemplo: você pode estender a vida da bateria do carro verificando-a regularmente. A falta de uma ou mais trocas de óleo é prejudicial ao motor do carro, pois leva a um desgaste prematuro. Um carro que foi bem cuidado por muitos anos pode recompensá-lo mais tarde. Lembre-se de que carros bem-conservados também possuem valores de revenda mais altos. Um veículo com manutenção adequada é a melhor maneira de maximizar o consumo de combustível, além de reduzir as emissões de CO2 na atmosfera — que são prejudiciais ao meio ambiente. Outra forma de economizar é investindo em carros novos e modernos. Além de evitar problemas mecânicos, você ainda aproveita diversos recursos como: central blueMedia, sistema de alerta e frenagem autônomo, assistente de partida, Smart key e muito mais! Quer ainda mais comodidade? Então confira o novo Creta Prestige, o SUV campeão de vendas da Hyundai que oferece vários recursos surpreendentes, como a transmissão automática que reduz o consumo de combustível em todas as situações de uso.

Procure sua concessionáriaPara garantir o perfeito funcionamento do veículo, não esqueça de agendar uma manutenção preventiva a cada 1 ano, ou a cada 10 mil quilômetros rodados. Cuidar bem do seu veículo é um investimento de longo prazo, ao mesmo tempo que aumenta a sua segurança e de seus passageiros. Agora que você já sabe o significado das luzes no painel do carro, não deixe de acompanhar os prazos (e a quilometragem) para sua próxima manutenção preventiva. Ao fazer isso, você evita ao máximo que novos problemas atrapalhem sua direção. Gostou das dicas? Então, compartilhe o post em suas redes sociais e ajude outros motoristas!

Sigam as nossas redes:

Veja também