1.   
    Home
  2.  > 
    Hyundai Explica
  3.  > 
    Manutenção preventiva: veja sua importância e quando fazer

Hyundai Explica 26/11/2020

Manutenção preventiva: veja sua importância e quando fazer

insulfilm permitido por lei
Detalhe da pressão dos pneus no Creta Prestige

Todo veículo é uma máquina complexa. Para que ele ande, é preciso que cada item esteja funcionando perfeitamente. É isso que garantirá a boa dirigibilidade, a segurança e a eficácia do carro. Mas, para tudo trabalhar corretamente, a manutenção preventiva é indispensável. Pensando nisso, neste artigo trouxemos um panorama completo sobre como realizar a manutenção, quais componentes checar e a importância de agendar revisões,periódicas. Confira!

O que é a manutenção preventiva?

A palavra prevenção é definida pelo dicionário como um conjunto de ações ou medidas de preparação antecipada que visam impedir algum mal. E, de fato, quando falamos de manutenção preventiva, é exatamente isto que vemos: ela objetiva reduzir e prevenir a deterioração de peças e/ou sistemas no caso do automóvel. Existem três fatores nos quais ela se baseia que são os intervalos predeterminados para ação, os critérios específicos e a diminuição da probabilidade de falhas. Ao contrário da manutenção reativa, que acontece após a identificação de um problema, na preventiva, há uma pro atividade que prevê potenciais problemas e com isso há uma série de benefícios.

Quais os seus benefícios?

Mas, afinal, quais as vantagens de realizar uma manutenção preventiva? Quando se trata de veículos, essa é a maneira mais eficiente de prevenir defeitos futuros, o que gera outros benefícios, como veremos a seguir!

Reduz custos com o consertoQuando a manutenção é feita antes que ocorra de fato um problema, há uma considerável diminuição dos custos com reparos. As manutenções corretivas são sempre mais caras, visto que o problema já se estabeleceu. Imagine ter que trocar uma peça específica que chegou ao fim da sua vida útil e que poderia prejudicar várias outras. Fica bem mais barato do que fazer a aquisição de todo um sistema novo, certo? Pois é exatamente isso que a manutenção preventiva fará. Para ficar mais claro, é possível usar o exemplo dos pneus. Caso não seja mantido o alinhamento e balanceamento correto do veículo, crescem as chances de desgaste e a necessidade de troca antes do tempo devido. Logo, se você deseja reduzir os gastos, a dica é efetuar as revisões programadas.

Proporciona mais segurançaRealizar a manutenção de prevenção é uma forma de garantir mais segurança para o condutor e até passageiros do veículo. Se um carro não for cuidado corretamente, surge um perigo para o trânsito em geral e para as pessoas. Uma peça ou sistema que sofre desgaste exagerado causa grandes problemas de segurança. Suponha que você esteja conduzindo o seu carro e de repente tenha problemas no câmbio, que não permitam trocar a marcha. Isso pode ser um grande risco durante o tráfego. Portanto, saber qual o estado do veículo é crucial para a condução segura.

Garante eficiênciaUm veículo que passa constantemente por revisões consegue ser mais eficiente se comparado aos outros. Tal eficácia faz total diferença na experiência de condução do carro, permite uma economia em outros sentidos, como no consumo de combustível, e ainda faz com que ele produza menos poluentes, o que ajuda na preservação do meio ambiente. Toda essa eficiência também possibilita que o veículo tenha um valor mais vantajoso em caso de revenda. Por isso, fazer revisões constantes é o ideal para manter o veículo conservado.

Como fazer a manutenção preventiva?

Cada fabricante ou oficina especializada tem a sua própria lista de componentes a serem checados. No entanto, existem partes da manutenção preventiva comuns a todos. A seguir, você conhecerá como realizar uma manutenção de qualidade!

Revisões agendadasAs revisões agendadas seguem um calendário de manutenções que não fica limitado apenas ao período de garantia do veículo. Como sabemos, um carro precisa passar por revisão durante toda a sua vida. Cada fabricante especifica em seu manual de instruções o período ou mesmo quilometragem para que a verificação seja feita. Em cada uma dessas revisões, as oficinas especializadas ou mesmo mecânicos credenciados avaliam e trocam diferentes componentes do carro. Quanto mais rodado o veículo, mais complexa costuma ser a revisão. Por isso, é interessante seguir o manual e realizar a manutenção no tempo certo para evitar dores de cabeça.

Troca de fluidosOs fluidos são essenciais para o funcionamento do carro. Além de lubrificar, eles refrigeram, limpam os componentes e garantem a performance apropriada do veículo. Por essa razão, eles precisam ser trocados com frequência. Fique atento, por exemplo, ao: - fluido do freio, pois ele é fundamental para a frenagem adequada e segura; - líquido do arrefecimento, que tem a função de evitar o congelamento e aumentar a ebulição da água presente no motor; - o óleo do câmbio é um lubrificante que melhora o câmbio do veículo; - o óleo do motor lubrifica, limpa e resfria as peças do motor.

Limpeza do automóvelA higienização do carro também faz parte da manutenção preventiva. Sujeira acumulada pode prejudicar o desempenho de alguns itens do veículo, por isso, tal cuidado deve ser constante. O ideal é levar a estabelecimentos de lavagem a jato especializados para que façam uma limpeza geral completa, o que inclui motores e outras partes delicadas do automóvel. Essa medida é importante, pois uma higienização inadequada consegue gerar prejuízos. Sem contar que uma limpeza correta ajuda a manter o carro novo por mais tempo.

Atenção aos barulhosOs veículos precisam da revisão para se manterem em perfeito estado, o que já foi destacado ao longo do artigo. Quando isso não acontece, é comum que barulhos surjam, indicando problemas. Por essa razão, fique atento caso note que o som do carro não é parecido com o tradicional. Isso pode indicar a necessidade de trocar alguma peça ou mesmo alguma pequena falha, que poderá ser resolvida com facilidade. Logo, quando perceber alguma inconformidade, busque logo fazer a revisão.

Alinhamento de direção e pneusEstá vendo que a performance do automóvel está caindo? Ou mesmo que o volante tem ficado duro ao dirigir? Isso pode apontar a necessidade do alinhamento de direção. Os carros costumam apresentar sinais de que é necessário uma ida à oficina mecânica. Outro ponto importante são os pneus. Quando começam a se desgastar podem representar um perigo. Além disso, a legislação pune os motoristas que andam com pneus carecas, pois isso pode acarretar acidentes junto a outros veículos. Fazer a manutenção preventiva do seu carro é sempre bom, ainda mais porque proporciona uma grande economia se comparada à manutenção corretiva. São muitos itens a serem checados e eles necessitam estar todos alinhados para o bom funcionamento do carro. Portanto, procure ajuda especializada para não se esquecer de nada. Se você quer continuar lendo conteúdos sobre carros, não deixe de nos seguir nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e YouTube!

Sigam as nossas redes:

Veja também