1.   
    Home
  2.  > 
    Descubra
  3.  > 
    Dando carona para boas ideias na quarentena

Descubra 17/04/2020

Dando carona para boas ideias na quarentena

Em tempos de pandemia, aplicativos e serviços voluntários ganham impacto social

Solidariedade, empatia, cooperação. Em tempos de quarentena, por causa do novo coronavírus, diversas iniciativas têm surgido para colaborar e conectar as pessoas. Desde o médico que oferece consultas sobre a covid-19 nas redes sociais, passando pelo engenheiro que cria um aplicativo para conectar voluntários a quem precisa de ajuda, até a professora de ioga que dá aulas gratuitas ao vivo. Boas práticas estão se espalhando neste momento difícil que a sociedade mundial enfrenta. Conheça algumas dessas histórias e pegue carona nas boas ideias.

Pertinho de Casa

ComVidaPara promover e facilitar o encontro de quem oferece ajuda com quem precisa dela, o estudante de engenharia de computação Pedro Pompeu, de 22 anos, criou um aplicativo para auxiliar nessa conexão. A ideia surgiu enquanto ele, seu pai e seu irmão assistiam a notícias sobre a evolução da covid-19. Ao ouvir as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que idosos e pessoas no grupo de risco não deixassem suas casas, Pedro pensou em criar uma ferramenta para que voluntários pudessem se disponibilizar a ajudar. “Sou estudante da USP, queria de alguma forma retribuir a oportunidade que tenho de estudar em uma universidade pública”, diz Pedro. Assim nasceu o aplicativo ComVida, que se propõe a algo simples: coletar a localização do cadastro de um voluntário e o que ele se propõe fazer, a partir de um menu de opções: fazer compras, levar medicamentos, oferecer uma ajuda especializada ou algo simples, como combinar uma conversa, recitar um poema ou cantar uma música. “A partir do momento do cadastro, o voluntário aparece em um mapa de sua região. Aí basta uma ligação, ou uma mensagem de WhatsApp, para que o voluntário possa ajudar”, diz o estudante. O aplicativo pode ser baixado em Android ou IOS e tem alcance em todas as regiões do Brasil.

Missão CovidQuem não tem plano de saúde ou tem receio de encarar um pronto-socorro, diante de sintomas leves de gripe, pode contar com a plataforma Missão Covid. Criada no início de abril pelo cardiologista Leandro Rubio e o oncologista Raphael Brandão, o Missão Covid conecta médicos voluntários a pacientes que apresentam sintomas leves da doença e que se tornam casos suspeitos. Por meio da telemedicina, ou atendimento médico por videoconferência, um grupo de mais de 300 médicos se dispõe a atender gratuitamente as pessoas que estiverem com sintomas leves do coronavírus, com tosse, febre baixa ou dor de garganta. Dessa forma, o programa ajuda a desafogar o sistema de saúde em meio à pandemia, garantindo o primeiro atendimento a essas pessoas. As consultas são totalmente gratuitas e o usuário recebe o primeiro atendimento e as orientações necessárias de como lidar com os sintomas. Caso a pessoa conte que tem febre alta por mais de 48 horas, ou falta de ar, é orientada a buscar um médico presencial. É necessário fazer um breve cadastro para ter acesso ao sistema. Saiba mais no instagram @missaocovid.

Álcool gel em sérieQuando a Ypê, marca brasileira de produtos de higiene e limpeza, anunciou em suas redes sociais que iria produzir e envasar álcool em gel em frascos de detergente para distribuir gratuitamente em instituições de saúde, a ação se multiplicou rapidamente em reações de apoio. Os funcionários se engajaram espontaneamente. “Um sentimento de alegria e gratidão tomou nossos corações. Nossos colaboradores espontaneamente celebraram em suas redes sociais a iniciativa da empresa de se adaptar para produzir álcool em gel para distribuição gratuita. Além deles, vários parceiros se dispuseram a ajudar em tempo recorde”, diz o texto publicado pela Ypê, no dia 23 de março. A empresa paulistana de produtos de limpeza Gtex, detentora da marca Urca, também anunciou que vai fabricar o álcool gel 70%, com 10% da renda revertida em doações do produto para asilos e ONGs. “Mais do que um produto, o álcool gel é uma forma de prestar uma assistência social e consciente nesse momento desafiador”, diz José Domingues, presidente da Gtex.

Live e Zoom solidários

Campanhas espontâneas de agradecimento aos profissionais de saúde, tanto da sociedade civil quanto de empresa também estão se espalhando pelo Brasil e pelo mundo:

Sigam as nossas redes:

Veja também