1.   
    Home
  2.  > 
    Pílulas Hyundai
  3.  > 
    Documento de carro: afinal, qual a diferença entre CRV e CRLV?

Descubra 09/09/2020

Documento de carro: afinal, qual a diferença entre CRV e CRLV?

Junto à aquisição de um carro, o proprietário passa a ter algumas obrigações para trafegar tranquilamente e evitar problemas como multas e apreensões. Essas obrigações são o pagamento de algumas taxas e a posse de documentos. O dono de um carro deve pagar anualmente o Imposto Sobre Veículos Automotivos (IPVA) e o seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores Via Terrestre (DPVAT). O primeiro é a taxa de licenciamento do automóvel, e o segundo, o seguro que visa à proteção das vítimas de acidentes de trânsito. Também fazem parte da documentação básica o CRV e o CRLV, que, por terem nomes parecidos, confundem alguns motoristas. Neste post, você vai entender a diferença entre esses dois documentos do carro e saber para que serve cada um deles. Acompanhe!

CRV

O Certificado de Registro do Veículo (CRV) é o documento do carro que descreve as suas características. Nele, constam informações como o número do chassi e da placa, o tipo de combustível, ano, cor e modelo. Ele deve ser alterado sempre que houver alguma modificação, como a de cor. É por isso que esse tipo de alteração precisa ser informada ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O CRV não tem data de validade. Ele é emitido apenas uma vez e deve ser guardado em um lugar seguro. A sua posse não é obrigatória para os motoristas.

Para que serve?O CRV funciona como um registro de posse do veículo, comprovando que está devidamente registrado no DETRAN, o que é obrigatório para que possa circular. O CRV também permite a transferência, ou seja, quando você vender ou comprar um carro usado, é por meio dele que será feita a transferência do bem para o novo dono. O CRV é chamado de DUT por algumas pessoas. Isso acontece porque, até 1985, ele se chamava Documento Único de Transferência. Naquela época, houve uma mudança no sistema nacional e surgiu o CRV, mas até hoje muita gente se refere a esse documento pelo nome antigo. Então, se você ouvir essa nomenclatura por aí, não ache que está faltando um documento.

Qual a sua relevância?O CRV é considerado o documento de identidade do carro. Além da identificação dos últimos e do atual proprietário, ele traz ainda a sua assinatura e endereço, sendo o principal registro de propriedade de um carro e, por conter dados tão importantes, deve ser armazenado com cuidado. O CRV é confeccionado em um papel especial e tem validade em todo o território nacional.

Quando a sua emissão é obrigatória?O CRV é emitido sempre que um carro é cadastrado no Detran. Isso quer dizer que se você comprar um veículo zero, será necessário fazer a emissão desse documento. Em algumas outras situações, é necessário solicitar a confecção de um novo CRV. São elas: - transferência de propriedade; - mudança de endereço do proprietário; - mudança de categoria; - alteração de alguma característica do carro.

O que é preciso para emiti-lo?Para solicitar a primeira emissão do CRV, o proprietário do veículo deve apresentar dois documentos: a nota fiscal de compra, fornecida pelo fabricante ou concessionária, e um documento fornecido pelo Ministério das Relações Exteriores quando se tratar de um automóvel importado por membro de missões diplomáticas. Já para a emissão de um novo CRV ou segunda via, a lista de exigências é um pouco maior: - CRV anterior; - Certificado de Licenciamento Anual (CRLV); - comprovante de transferência de propriedade, se esse for o caso; - Certificado de Segurança Veicular; - comprovante de procedência e justificativa de propriedade dos componentes e - agregados, caso haja alguma alteração nas características originais do carro; - certidão negativa de furto e roubo do veículo; - comprovante de quitação de débitos relativos a tributos, multas e encargos vinculados ao automóvel.

CRLV

O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) é um documento diferente do CRV. Também chamado de licenciamento, ele deve ser renovado anualmente, mediante o pagamento do IPVA. O valor e a data para o pagamento dessa taxa variam de acordo com o estado. No CRLV, também consta a comprovação de pagamento do DPVAT. Assim como a Carteira de Habilitação, o porte do CRLV é obrigatório para todos os motoristas que vão viajar de carro ou até mesmo circular pela cidade. Dirigir sem esse documento é uma infração leve de trânsito e o infrator está sujeito ao pagamento de multa e à apreensão do veículo, o qual só poderá ser retirado após a apresentação do CRLV.

Quando é emitido?O primeiro CRLV é emitido junto ao seu registro no Detran. As novas vias são emitidas anualmente após o pagamento das taxas relacionadas.

Como funciona o CRLV-e?m 2017, uma Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) instituiu o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Eletrônico (CRLV-e). O texto permite que o motorista apresente o CRLV de forma eletrônica quando for solicitado, por meio de um aplicativo. Isso desobriga o proprietário a carregar consigo o documento físico do carro quando estiver dirigindo. Em junho de 2020, o CRLV-e passou a substituir definitivamente o CRLV. Desde então, os proprietários de veículo não recebem mais a versão impressa do documento, como acontecia. No entanto, quem quiser, pode imprimir o documento digital por meio de um QR Code gerado pelo Denatran. Para acessá-lo, o proprietário deve instalar um aplicativo chamado Carteira Digital de Trânsito (CDT), realizar o cadastro e informar número do Renavam e CRV. Conhecer os documentos do carro é importante para que o motorista dirija com tranquilidade e evite sanções como multas e apreensão, que podem trazer dores de cabeça e prejuízos financeiros. Para viver momentos especiais com seu carro sem preocupação, faça os pagamentos em dia e mantenha tudo organizado.

A Hyundai se preocupa com o seu bem-estar e, por isso, oferece um programa de relacionamento especial para os proprietários da linha HB20 e Creta. Baixe o aplicativo Hyundai Sempre e tenha acesso a benefícios, serviços e outras dicas com essas que você conferiu aqui!

Sigam as nossas redes:

Veja também