1.   
    Home
  2.  > 
    Hyundai Explica
  3.  > 
    Conheça a Injeção direta de combustível

Hyundai Explica 20/11/2019

Conheça a Injeção direta de combustível

Saiba como uma das novidades do motor TGDi do HB20 Nova Geração ajuda a gerar mais potência, economizar combustível e a reduzir as emissões de poluentes

O HB20 Nova Geração chegou elevando o segmento, trazendo equipamentos até então inéditos entre os compactos, como o sistema de alerta e frenagem autônomo e o alerta de mudança de faixa - além do ousado design inspirado na nova filosofia global da marca, a Esportividade Sensual. Outro item de destaque é o novo motor Turbo GDi, que ganhou o sistema de injeção direta de combustível e está ainda mais eficiente.

Trata-se da evolução da injeção indireta, sistema que foi introduzido no Brasil no final da década de 1980, substituindo os antigos carburadores e que, conhecida como injeção eletrônica, logo tornou-se padrão na indústria. Nesse sistema, o combustível é injetado no coletor de admissão, a uma pressão de aproximadamente 4 bar. Ou seja, ar e combustível são misturados antes da entrada na câmara de combustão. Já na injeção direta é um sistema com tecnologia mais avançada e precisa, em que o combustível é injetado dentro dos cilindros - ou seja, a mistura acontece dentro da câmara de combustão. E Isso acontece a uma pressão bem mais elevada, de 150 a 200 bar, que acaba pulverizando o combustível em escala microscópica. Isso permite uma queima mais completa, reduzindo perdas e gera um melhor aproveitamento da energia. Na prática, isso se traduz em economia de combustível, melhor performance e redução na emissão de poluentes e gases formadores do efeito estufa. É a Hyundai, com o novo HB20 Nova Geração, mais uma vez levando tecnologia e inovação para a sua garagem.

Sigam as nossas redes:

Veja também