1.   
    Home
  2.  > 
    Estilo de Vida
  3.  > 
    Da culinária às grandes festas, conheça curiosidades sobre a Coreia do Sul

Pílulas Hyundai 16/03/2020

Da culinária às grandes festas, conheça curiosidades sobre a Coreia do Sul.

Ícone da inovação e tecnologia, terra da Hyundai carrega vários hábitos milenares.

Sucesso depois da última grande premiação do cinema e referência para os amantes do K-pop, a Coreia do Sul é um país que revoluciona costumes ao mesmo tempo em que cultiva tradições milenares. Conheça um pouco mais sobre esse país asiático.

Comida é o melhor remédioA tradição coreana carrega o lema “comida é o melhor remédio”. Tanto em restaurantes quanto nas casas dos coreanos, é frequente utilizar alimentos preparados a partir de um rico processo de fermentação, que pode levar de meses a anos para terminar. Entre os ingredientes que aparecem na mesa do país asiático feitos por esse método estão a pasta de soja, o molho de soja, a pasta de pimentão, legumes ou frutos do mar salgados. O grau de fermentação dos produtos é crucial para enriquecer o sabor da comida.

Festas de Ano-NovoNa Coreia do Sul, a grande maioria da população acaba comemorando duas vezes o Ano-Novo, em dias totalmente diferentes. Além do Ano-Novo do calendário gregoriano, celebrado na virada do dia 31 de dezembro para o dia 1o de janeiro, como também se comemora no Ocidente, existe o Ano-Novo lunar, bastante celebrado, também, na vizinha China. Se a virada do ano tradicional é marcada por festas e comemorações como nos países ocidentais, o Ano-Novo Chinês, um dos feriados mais importantes para os sul-coreanos, é bastante voltado para as tradições. Faz parte dos rituais brincadeiras e comidas típicas e histórias tradicionais da família que são passadas de geração para geração.

Design criativo, mas tradicionalÉ verdade que os sul-coreanos preferem hoje as roupas ocidentais - e alguns dos principais distritos de moda de Seul (a capital do país) que aparecem em clipes de K-pop demonstram bem isso - mas muito dos estilistas modernos não abandonaram o passado e mantêm algumas tradições milenares em suas criações. Parte das pessoas ainda usa as roupas tradicionais orientais principalmente em dias festivos. Ao longo de cinco mil anos, o povo coreano desenvolveu muito bem a técnica de manusear tecidos como cânhamo, rami, algodão e seda para fabricar roupas. Além de atraentes visualmente, a trama dos tecidos precisava dar conta dos invernos rigorosos e dos verões quentes da região. A serenidade dos tons e o uso de muita roupa branca sempre foram marcas da moda tradicional sul-coreana.

Um prato representativoO Kimchi, que está na lista do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da Unesco desde 2013, é um prato feito com vegetais em salmoura que podem ficar em conserva por horas ou até mesmo dias. Existem centenas de formas de se preparar um dos pratos mais icônicos da península coreana, dependendo da região do país. Um dos tipos mais encontrados é feito com a mistura de repolho branco salgado com uma pasta de pimenta em pó, alho, cebolinha, gengibre, rabanete, molho de peixes e frutos do mar frescos.

Feliz aniversárioÉ muito comum na Coreia do Sul os pais fazerem uma grande festa com um banquete para comemorar o primeiro ano de vida de um filho. Também existem famílias que comemoram o centésimo dia de vida da criança. Na festa do primeiro aniversário há sempre uma oração ritualística para se pedir sucesso na vida e longevidade da criança. Os parentes costumam presentear quem faz aniversário com um anel de ouro.

Potência esportivaApesar de ser a nação onde o taekwondo virou esporte nacional em 1971, depois de séculos sendo praticado como arte marcial em preparação para a guerra, a Coreia do Sul há muito tempo extrapolou a sua preferência pelos esportes de luta e virou uma grande potência mundial. Nos últimos anos, o país asiático obteve o 5º lugar na Olimpíada de Londres, em 2012, e a 8ª posição nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Além de atletas com grande desempenho olímpico, a Coreia do Sul também já exportou jogadores de futebol para grandes times da Europa e atletas de beisebol para os Estados Unidos, onde se joga a liga mais importante do esporte em nível mundial.

Tradição desembarca no BrasilA mistura entre tradição e inovação da Coreia do Sul e da Hyundai também chegou ao Brasil, desde que a construção da fábrica da empresa começou em Piracicaba, interior de São Paulo, em 2011. A união deu tão certo que a planta de fabricação de automóveis está consolidada na vida da multinacional. Ela é uma das sete fábricas fora da Coreia do Sul que existe no mundo. Outras três ainda operam dentro da Coreia do Sul. Todos os modelos HB20 da empresa saem do interior paulista. O SUV Hyundai Creta que circula nas ruas e estradas brasileiras também é nacional. A capacidade de operação é de 36 carros por hora ou 180 mil veículos construídos no ano, lembrando que todos os veículos são 100% testados. Qualidade e respeito com o consumidor brasileiro é seguido à risca na Hyundai Motor Brasil. Quer conhecer um destes veículos, embarcados com muita inovação e design sempre a favor da mobilidade? Agende um test drive e aproveite a promoção Ticket Drive Hyundai. Você ganha um vale-cinema e ainda concorre a um Hyundai 0 km!

Sigam as nossas redes:

Veja também